Boa Noite! Segunda-feira, 21 de janeiro de 2019
 

Indústria


INDÚSTRIA DO PIAUI

A indústria tem ampliado sua participação na economia piauiense como reflexos da política de atração de investimentos através da isenção do recolhimento do ICMS a partir de 1996. Diversas indústrias nacionais e estrangeiras, em vários setores se instalaram na capital e interior. Indústrias de transformação, têxteis, bebidas, cimento, açúcar e álcool, beneficiamento de soja, e de extração vegetal. Com isso, ganharam impulso os distritos industriais de Teresina, Parnaíba, Picos e Floriano além do crescimento de economias de municípios que abrigaram novos empreendimentos, a exemplo dos municípios de Uruçuí (BUNGUE), Fronteiras (CIMENTO NASSAU), Guadalupe e Baixa Grande do Ribeiro que são os municípios de maior PIB per capta do Piauí. Atualmente o setor industrial responde por 16,19% do PIB do Piauí.

 

Merecem destaque a produção de mel, caju, cera de carnaúba, couros e peles, medicamentos, indústria cerâmica, industria quimica, alimentos. No setor de mineração, a Vale do Rio Doce está em operação no município de Capitão Gervásio Oliveira, onde foi encontrada uma reserva de níquel. Estudos geológicos apontam para a existência de ocorrências minerais com grande potencial econômico como: mármore, amianto, ardósia, talco, vermiculita, ferro  e gemas (opala e diamante).

 


 

                                                                                    

POTENCIALIDADES DO ESTADO

Têxtil e confecção;                                        Agroindústria;
Ovinocaprinocultura;                                     Bovinocultura de Leite;

Apicultura                                                       Turismo;

Mandiocultura;                                               Artesanato;

Indústria;                                                        Cajucultura;

Agroindústria;                                                Carnáuba;

Silvicultura                                                     Comércio e Serviço;

Agoenergia;                                                   Mineração

Frutas tropicais;

 

 

1)     PORTO LUIZ CORRÉIA (capacidade para navios de médio calado 12 a 15m)

·        Multimodal

·        3 piers: graneis líquidos e sólidos; embarcações pesqueiras; marina (MTur: identificação de demanda embarcações européias para abastecimentos e manutenções);

 

2)     FERROVIA TRANSNORDESTINA;

 

3)     TRANSCERRADOS: localização – Pólo de Uruçuí-Gurguéia que se apresenta como uma das áreas de grande potencial do desenvolvimento do complexo agroindustrial das áreas do cerrados nordestibos.

·        Inicio – Município de Sebastião Leal, no entroncamento com a PI-247

·        Termino – Município de Monte Alegre, no entroncamento com a PI-254

 

4)     AEROPORTOS (Teresina, São Raimundo Nonato, Parnaíba)

 

5)     AMPLIAÇÃO DA OFERTA DE ENERGIA

 

6)     HIDROVIA DO PARNAÍBA

7)     REATIVAÇÃO DO RAMAL FERROVIÁRIO TERESINA-LUIZ CORRÉIA

 

8)     ZPE’S – ZONA DE PROCESSAMENTO DE EXORTAÇÕES

·        Parnaíba

·        Pavussu – Projeto submetido à apreciação da CZPE – Conselho Nacional de Zonas de Processamento de Exportações;

9)     RECINTOS ALFANDEGADOS PARA DESPACHOS ADUANEIROS

·        Teca Infraero - operação piloto para despachos aduaneiros em transito. Esforço junto aos empresários do setor no sentido de identificar demandas para que os despachos sejam realizados em Teresina.

·        Correios - Programa EXPORTAFÁCIL, dos CORREIOS que contam com recintos alfandegários da Receita Federal em suas instalações. Essa facilidade agiliza sobremaneira o trâmite aduaneiro das remessas postais de no máximo 30 quilos e USD 50,00 mil (cinquenta mil dólares) por remessa. Estamos, em parceria com os CORREIOS, definindo ações de divulgação do EXPORTA FÁCIL DOS CORREIOS, a empreendedores do setor de artesanato, confecção, opala, dente outros.

·         Despachos aduaneiros em Picos - conversas com a Receita Federal no sentido de viabilizar operação conjunta com a DFA – Delegacia Federal da Agricultura para realização de despachos aduaneiros de cargas de mel em Picos, além de São Raimundo Nonato e Simplício Mendes.

 

EXPORTAÇÕES

Os principais produtos exportados pelo Piauí são: cera de carnaúba, soja e derivados, mel, produtos químicos orgânicos, castanha de caju, couros e peles e minerais.


 



Av. Gil Martins, 1810 - 3º e 4º andares, Ed. Albano Franco
CEP: 64.017-650 - Teresina-Piauí - Fones: (86) 3218-1838 / 3218-1819 - Geral


Criação, Desenvolvimento e Hospedagem